Logo da beegin
seu portal de investimentos alternativos

Preencha seus dados para acessar o conteúdo!

Enviando seus dados, você também receberá por e-mail conteúdos exclusivos em primeira mão.

Ao enviar, você estará concordando com os Termos de Uso e a Política de Privacidade da beegin.

set 24, 2021
Top down e bottom up
Compartilhe

Na hora de construir uma tese de investimento, realizar uma análise fundamentalista e definir o preço de uma ação ou fazer valuation, é importante escolher um método que atenda o que você procura. É aí que entram o top down e bottom up, duas formas distintas de fazer essa pesquisa. 

Basicamente, um dos métodos analisa a macroeconomia, passando pelos setores da economia, antes de entrar no detalhe da empresa. O outro método investiga primeiro os detalhes da empresa e seu mercado. 

O que é top down?

Em uma tradução livre do inglês para o português, top down significa de cima para baixo. Ou seja, nesse formato, a análise inicial é feita no cenário econômico em que a empresa ou empresas estão inseridas. 

Nesse caso, é levado em consideração o nível de produção econômica, taxa de juros, cenário cambial, taxa de desemprego, inflação, expansão do setor em que a empresa está inserida, entre outros. 

Essa análise é importante para o setor da empresa porque fatores como taxa cambial e taxa de juros podem afetar de formas diferentes dependendo da área de atuação. 

Após essa averiguação macroeconômica, inicia-se o processo de conhecer os detalhes da empresa para entender se ela é saudável financeiramente. 

Última semana para investir na Kuba

O que é bottom up

Ao contrário do método anterior, o bottom up, traduzido livremente para o português significa de baixo para cima, ou seja, analisa primeiro a empresa. 

Nesse formato, é estudado a saúde financeira da empresa, seu nível de endividamento, histórico de crescimento e produtividade, rotatividade de funcionários, criação de novos produtos, entre outros. 

Depois disso, começa a investigação sobre o nicho econômico em que a empresa está inserida e também o mercado financeiro como um todo. 

Esses métodos de análise são usados para definir o valor de empresas para investimentos alternativos como private equity e venture capital

Top down ou bottom up: qual é melhor?

Entre as duas opções, qual é a melhor?  Tudo irá depender do seu objetivo como investidor, mas a verdade é que na maioria das vezes elas são feitas em conjunto, pois se complementam.

A análise bottom up traz um cenário mais detalhado da empresa alvo de investimento. Já a top down mostra uma imagem mais ampla do cenário econômico e setorial.

Gostou do conteúdo e quer aprender ainda mais sobre o mercado financeiro? Então fique por dentro de todos os conteúdos gratuitos e cursos oferecidos pela Solum.ed

Por Bernardo Martins

Bernardo Martins é sócio e head de Educação do Grupo Solum. Economista graduado pela PUC-Rio, foi head de soluções digitais da Cogna Educação e CEO da edtech Stoodi

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *