Logo da beegin
seu portal de investimentos alternativos

Preencha seus dados para acessar o conteúdo!

Enviando seus dados, você também receberá por e-mail conteúdos exclusivos em primeira mão.

Ao enviar, você estará concordando com os Termos de Uso e a Política de Privacidade da beegin.

jan 25, 2022
5-maiores-erros-do-investidor-iniciante
Compartilhe

Olá, investidor! Eu vou te mostrar os 5 maiores erros do investidor iniciante. Esses erros impactam demais os seus futuros passos como investidor e acabam te atrasando a conquistar seus objetivos. Mas não se preocupe, pois se você assistir até o final, com certeza não irá cometer esses mesmos erros que grande parte das pessoas cometem. Ou seja, vai facilitar a sua jornada! 

Com a quantidade de informações disponíveis na internet hoje em dia, muitas vezes você se sente perdido, não sabe por onde começar e, com isso, acaba cometendo erros. Eu vou te explicar quais são os maiores erros dos investidores iniciantes e, dessa forma, você vai poder encurtar seu caminho e aprender com quem já passou por todas essas etapas. 

O primeiro erro é: não ter objetivos bem definidos.

Quem está iniciando acaba negligenciando essa etapa, e é terrível! Você precisa ter um propósito e saber muito bem quais são seus objetivos. Mesmo porque, a partir da característica de cada um deles, é que você irá identificar o investimento mais adequado. Um investimento para uma viagem daqui a 2 anos é totalmente diferente do investimento para sua aposentadoria, por exemplo. Então, liste todos os seus objetivos e separe-os entre categorias de curto, médio e longo prazo. 

O segundo erro é não ter uma reserva de emergência.

Esse eu acho que é o campeão! Sem uma reserva de emergência, na primeira dificuldade você irá retirar os investimentos que deveriam ser para o longo prazo. E qual é o problema? Muitas vezes você perderá rentabilidade por isso, pois pode não ser o momento ideal para a retirada e, dependendo do investimento, nem essa possibilidade de retirada você terá. Sendo assim, nada de começar a investir sem ter uma reserva formada, com pelo menos 6x seu custo de vida mensal em um ativo com boa liquidez e baixo risco, como por exemplo, títulos do Tesouro Direto e CDBs 

Terceiro erro: Esperar o momento ideal para começar. 

Se você ficar esperando o melhor momento, ele nunca chegará! “O momento que vai sobrar dinheiro”, “O momento que vou ter mais tempo”, “O momento que eu estiver ganhando mais dinheiro”. Esquece! O melhor momento nunca chega, então apenas comece, mesmo que com pouco, mas depois continue estudando para alcançar novos patamares.

Quarto erro: Seguir a “manada”. 

Quando não sabemos para onde ir, qualquer caminho serve, não é verdade? As pessoas começam pegando recomendações, seguindo dicas e investindo no que está em alta, sem saber o porquê e nem ao menos entender as características do investimento. E você precisa entender que o que serve para outras pessoas, não necessariamente servirá para você. Então, é melhor aprender e montar a sua estratégia do que seguir o que todos estão fazendo.

O quinto e último erro é: Não diversificar 

Uma das melhores formas de equilibrar risco e retorno é diversificando sua carteira de investimentos. Ao diversificar tanto as opções de rentabilidade quanto o risco dos investimentos, o investidor compõe um portfólio assertivo e direcionado a resguardar o seu patrimônio.

Nesse momento, você deve considerar os investimentos alternativos, que dentre vários ativos inclui investimentos em empresas fora da bolsa de valores, como startups e scale-ups.  Como possuem baixa liquidez e maior risco, pode parecer incoerente à primeira vista pensar em alocar capital em classes que apresentam maior incerteza. Contudo, há duas grandes vantagens principais dessa classe de ativos: a baixa correlação com os demais ativos, incluindo os listados na Bolsa e o seu grande potencial de retorno.

Por isso, considerando a estratégia de diversificação, é recomendável cogitar adicionar os investimentos alternativos – que estão em franca expansão – na sua carteira de investimentos. 

Os investidores que souberem aproveitar o potencial destes ativos podem ampliar a lucratividade do seu portfólio para um determinado risco estimado. Agora que você sabe sobre os 5 maiores erros dos investidores iniciantes, me conta aqui nos comentários se você já cometeu algum desses erros.

Acesse nossa plataforma, e não deixe de se inscrever em nosso canal: https://beegin.info/canal

Até o próximo vídeo!

Por Equipe beegin

A beegin é o seu portal de investimentos alternativos. Acompanhe as tendências de private equity e venture capital.

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *